Dilma convida PMDB para articulação política; Janine assume Educação admitindo cortes. Jornais de terça (7)

07/04/2015 07h18m. Atualizado em 08/04/2015 09h23m

CompartilheShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on RedditShare on VK

A presidente Dilma chamou o PMDB para fazer a articulação política do governo. Afastou o ministro Pepe Vargas e convidou o ministro da Aviação Civil, Eliseu Padilha, para assumir a pasta das Relações Institucionais. Esta foi a manchete dos principais jornais nesta terça-feira dia 7 de abril.

O Estado de S. Paulo: “Dilma chama PMDB para comandar articulação política”. Na Folha de S.Paulo: “Dilma oferece articulação política para peemedebista”. É uma tentativa de reduzir as dificuldades que a presidente está tendo no seu relacionamento com o Congresso. As duas casas são presididas pelo PMDB.

Com o subtítulo “Escândalos em série”, o Globo registrou na manchete que “Comperj dará prejuízo de R$ 45 bilhões à Petrobras”. Esse rombo foi admitido pela estatal em documento enviado ao TCU. O jornais registram também, na primeira página, a posse do ministro Renato Janine na Educação. O Globo destaca que “MEC vai contribuir com ajuste, diz Janine”.

Na posse, o professor de ética e filosofia que assumiu a Educação disse que a pasta “contribuirá com o ajuste fiscal, mas isso não vai afetar os principais programas”. O Estadão diz que “Ministro da Educação já admite cortes durante a posse”. Informa que o ministro disse não saber a dimensão do corte. Já a presidente disse que é preciso recuperar a Petrobras para financiar a educação.

Outros destaques dos jornais: o governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, diz que o processo de pacificação do Alemão pode durar 15 anos; Câmara deve votar projeto que libera as terceirizações até para a atividade fim, que hoje é vedada pela Justiça do Trabalho; O Ministério Público concluiu que as “pedaladas fiscais” feitas pelo governo passado, ou seja, o adiamento dos pagamentos foram empréstimos. Isso significa que órgão como a Caixa emprestou para o governo, o que é proibido; O Valor Econômico também dá em destaque que “Dilma chama PMDB para articular política”, mas dá como título principal que “O lucro das companhias abertas caiu 10% em 2014”; Outro destaque do Valor: “Janot cria força-tarefa para ajudar na Operação Zelotes”.

Matheus Leitão

Matheus Leitão é jornalista há 15 anos. Em sua carreira, passou pelas redações do Correio Braziliense, revista Época, portal iG e Folha de S.Paulo. Matheus recebeu o Prêmio Esso por duas vezes, o Troféu Barbosa Lima Sobrinho -- além de menção honrosa no Vladimir Herzog. Entre 2011 e 2012, esteve na Universidade de Berkeley, na California, como Visiting Scholar.

    Comente

    O autor do blog não se responsabiliza pelo comentário.