Dois anos sem crescimento econômico no governo Dilma

27/03/2015 19h41m. Atualizado em 29/03/2015 10h52m

CompartilheShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on RedditShare on VK

O governo Dilma Rousseff está amargando dois anos ruins na economia. Esta sexta-feira (27) foi um dia desagradável, porque foi o da divulgação do PIB de 2014. Mas pior será quando for a divulgação do PIB de 2015. O dado divulgado nesta sexta foi de um crescimento bem pequeno, de 0,1% em 2014.

Ou seja, menos que pibinho, um quase nada. Mas no ano que vem, nesta mesma época, estará sendo divulgado
o dado deste ano e será um número negativo. Quem diz isso? Todo mundo, a começar do ministro da Fazenda, Joaquim Levy, que avisou que haverá uma forte desaceleração principalmente neste começo do ano.

O Banco Central divulgou esta semana a previsão de recessão de 0,5%. Os economistas dos bancos e das consultorias falam em quedas maiores. O próprio IBGE mostrou que a parte mais negativa de 2014 foi a queda de 4,4% no investimento. País que não investe… não cresce.

Por isso as esperanças já foram transferidas para 2016.

Matheus Leitão

Matheus Leitão é jornalista há 15 anos. Em sua carreira, passou pelas redações do Correio Braziliense, revista Época, portal iG e Folha de S.Paulo. Matheus recebeu o Prêmio Esso por duas vezes, o Troféu Barbosa Lima Sobrinho -- além de menção honrosa no Vladimir Herzog. Entre 2011 e 2012, esteve na Universidade de Berkeley, na California, como Visiting Scholar.

    Comente

    O autor do blog não se responsabiliza pelo comentário.