Pedidos de inquérito contra políticos envolvidos na Lava Jato serão feitos esta semana

27/02/2015 15h24m. Atualizado em 02/03/2015 13h10m

CompartilheShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on RedditShare on VK

Depois de uma semana extremamente tensa em Brasília, com o crescente boato de que até esta sexta-feira (27) sairia a denúncia do Ministério Público Federal contra políticos envolvidos no escândalo da Lava Jato, o clima arrefeceu.

Fontes ligadas à investigação de lavagem e desvio de dinheiro envolvendo a Petrobras, grandes empreiteiras do país e políticos garantem que os pedidos ficaram mesmo para esta semana.

O blog foi informado que serão em torno de 30 pedidos de abertura de inquérito contra políticos. Ou seja, são pedidos para abrir investigações e não as esperadas denúncias em si — quando já há mais substância contra os acusados de supostos crimes.

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, responsável por fazer as denúncias, manteve conversas com integrantes da cúpula do governo nos últimos dias. Janot esteve com o vice-presidente da República, Michel Temer, e o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.

Nas reuniões, Cardozo avisou a Janot que a área de inteligência dos órgãos de segurança detectou risco para o procurador-geral — possíveis ameaças — o que aumentou ainda mais o clima de tensão na capital.

Janot passou o final de semana com a sua equipe trabalhando na revisão de todos pedidos de abertura de inquérito.

Nos pedidos, Janot deverá requisitar também o levantamento do sigilo dos inquéritos, mas a decisão ficará com o Supremo Tribunal Federal. No caso, o ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato na mais alta corte brasileira.

Matheus Leitão

Matheus Leitão é jornalista há 15 anos. Em sua carreira, passou pelas redações do Correio Braziliense, revista Época, portal iG e Folha de S.Paulo. Matheus recebeu o Prêmio Esso por duas vezes, o Troféu Barbosa Lima Sobrinho -- além de menção honrosa no Vladimir Herzog. Entre 2011 e 2012, esteve na Universidade de Berkeley, na California, como Visiting Scholar.

    Comente

    O autor do blog não se responsabiliza pelo comentário.