Paris reforça segurança para Marcha e caso Petrobras são destaques neste domingo (11)

11/01/2015 08h19m. Atualizado em 12/01/2015 08h47m

CompartilheShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on RedditShare on VK

“Petrobras gasta R$ 59 bi com empresas paralelas” informa a manchete do Globo neste domingo (11). Em nova reportagem especial sobre as empresas paralelas ligadas a estatal, o jornal revela que foi montada uma rede de 24 empresas que, juntas, foram responsáveis por investimentos de R$ 54 bilhões. Desta forma, a Petrobras não tem que se submeter aos órgãos de controle. Juntas, elas são uma verdadeira “Petrobras paralela”, como diz o jornal. São formadas através de SPEs, sociedades de propósito específico. Em pelo menos uma, a Gasene, o controle é da Petrobras, como o Globo já informou. Trata-se de uma empresa de papel com sede em um escritório de contabilidade e cujo presidente se diz um preposto.
A marcha em Paris em memória das vítimas do atentado terrorista do dia 7 está em destaque nos jornais deste domingo. Na manchete, o Estado de S.Paulo informa que, diante de novas ameaças feitas pela Al Qaeda da Península Arábica, o governo francês anunciou que mais de 500 policiais serão deslocados para a capital — que já tem mais de mil na segurança da manifestação, onde estarão chefes de estado de outros países como Alemanha, Reino Unido e Espanha. A mesma notícia é a manchete da Folha de S.Paulo. “França eleva segurança após ataques terroristas”, e informa que o país está em alerta máximo. O Globo também trata na primeira página dos eventos em Paris com o título “França declara guerra ao islã radical”. No sábado, véspera da grande manifestação, 700 mil pessoas saíram às ruas em varias cidades da França, como Lyon, para manifestar seu repúdio ao atentado.
O Estado de S.Paulo traz uma entrevista com Marta Suplicy em que ela diz: “ou o PT muda ou acaba”.

Matheus Leitão

Matheus Leitão é jornalista há 15 anos. Em sua carreira, passou pelas redações do Correio Braziliense, revista Época, portal iG e Folha de S.Paulo. Matheus recebeu o Prêmio Esso por duas vezes, o Troféu Barbosa Lima Sobrinho -- além de menção honrosa no Vladimir Herzog. Entre 2011 e 2012, esteve na Universidade de Berkeley, na California, como Visiting Scholar.

    Comente

    O autor do blog não se responsabiliza pelo comentário.