Tartaruga viajante usa todo o Caribe como seu território

09/01/2015 09h51m. Atualizado em 09/01/2015 09h55m

CompartilheShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on RedditShare on VK

Uma bela tartaruga verde, espécie ameaçada de extinção, recebeu uma etiqueta de satélite para rastrear seus movimentos e viagens pelo mundo. O animal, chamado de TurtleSam, nasceu no Caribe e surpreendeu os pesquisadores da Wildlife Conservation Society ao percorrer milhares de quilômetros nas águas de Honduras, Nicarágua, Costa Rica, Panamá e Colômbia. A variedade de lugares pode ter muitos motivos, como a busca por alimentos, a procura por um companheiro, ou a proteção de seus ovos.

A experiência foi realizada no Atol Glover Reef, localizado em Belize, na América Central, e tem como objetivo facilitar as atividades de conservação e garantir a sobrevivência dos animais. Além dos cuidados com a espécie, os estudos mostraram a fascinante jornada das tartarugas quando estão exatamente onde devem estar: na natureza, livres para se reproduzir e longe dos cativeiros que nos impedem de descobrir os belos segredos desses animais.

A Wildlife Conservation Society é uma organização mundial sem fins lucrativos que preserva a fauna silvestre e os lugares naturais por meio da ciência, da conservação ambiental e da educação. A organização nasceu nos Estados Unidos, mas possui unidades espalhadas por todo o mundo, inclusive no Brasil.

Com mais de 200 cientistas em sua equipe, a Wildlife possui atualmente 500 projetos de conservação distribuídos por 69 países e administra aproximadamente 200 quilômetros quadrados de reservas selvagens ao redor do mundo.

Matheus Leitão

Matheus Leitão é jornalista há 15 anos. Em sua carreira, passou pelas redações do Correio Braziliense, revista Época, portal iG e Folha de S.Paulo. Matheus recebeu o Prêmio Esso por duas vezes, o Troféu Barbosa Lima Sobrinho -- além de menção honrosa no Vladimir Herzog. Entre 2011 e 2012, esteve na Universidade de Berkeley, na California, como Visiting Scholar.

    Comente

    O autor do blog não se responsabiliza pelo comentário.