Tartaruga dá lição de solidariedade em vídeo divulgado no YouTube

20/12/2014 11h58m. Atualizado em 20/12/2014 12h09m

CompartilheShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on RedditShare on VK

A solidariedade de uma tartaruga divulgada num vídeo do YouTube mostra que no mundo animal também existe o amor ao próximo.
A gravação feita no Zoológico de Muzha, em Taiwan, mostra uma tartaruga virada de cabeça pra baixo e sua companheira, numa habilidade surpreendente, tentando ajudá-la a voltar à posição certa. Apesar de conhecidos como animais lentos, a tartaruga solidária demonstrou bastante agilidade ao empurrar a colega com o pescoço.
O blog é contra a manutenção de animais em cativeiro. Todavia, abre uma exceção no caso porque as imagens mostram que todos nós, às vezes, precisamos de uma ajudinha para nos levantar.
O vídeo já tem mais de 3,5 milhões de visualizações no youtube.
As tartarugas, que também podem ser chamadas de quelônios, estão entre os répteis mais antigos da terra. Estudos mostram que elas existem há mais de 200 milhões de anos. De acordo com informações do Projeto Tamar, desenvolvido em todo o litoral brasileiro para defesa do ecossistema marinho, os primeiros quelônios vieram de ancestrais terrestres e passavam a maior parte do tempo na água.
Uma das principais características desses animais e a casca óssea, formada para protegê-los dos ataques de predadores. No mundo todo, há mais de 300 espécies diferentes de tartarugas.

Matheus Leitão

Matheus Leitão

Bom mesmo é vê-los na natureza, como na imagem acima… tirada pelo blogueiro em Fernando de Noronha.

Matheus Leitão

Matheus Leitão é jornalista há 15 anos. Em sua carreira, passou pelas redações do Correio Braziliense, revista Época, portal iG e Folha de S.Paulo. Matheus recebeu o Prêmio Esso por duas vezes, o Troféu Barbosa Lima Sobrinho -- além de menção honrosa no Vladimir Herzog. Entre 2011 e 2012, esteve na Universidade de Berkeley, na California, como Visiting Scholar.

    Comente

    O autor do blog não se responsabiliza pelo comentário.