A arte e a simplicidade de dois espelhos na fotografia de Graça Seligman

09/12/2014 12h48m. Atualizado em 10/12/2014 12h13m

CompartilheShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on RedditShare on VK

Brasília é impressionante. Um dia, ao entrar num dos banheiros de mármore do Palácio do Planalto, me deparo com dois espelhos do designer Sérgio Rodrigues, super bem mantidos, belos, simples.

Quem não sabe ou banalizou o olhar passa batido. Assim acontece com a genial arquitetura de Oscar Niemeyer. Os moradores da cidade estão tão acostumados que nem notam mais sua arquitetura e o quanto é rico o interior dos seus palácios, desde os banheiros até as salas mais nobres.

Graça Seligman

Graça Seligman é fotógrafa e realizou exposições em diversos países como Brasil, Roma, República Tcheca, Espanha, EUA, Cuba, França e Guatemala. Estudou fotografia em NY. Foi diretora do Museu da Imagem e do Som de São Paulo e trabalhou em diversos jornais.

1 Comentário para "A arte e a simplicidade de dois espelhos na fotografia de Graça Seligman"

Comente

O autor do blog não se responsabiliza pelo comentário.