Pesquisa confirma benefícios do vinho contra o câncer

07/12/2014 10h04m. Atualizado em 08/12/2014 08h47m

CompartilheShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on RedditShare on VK

Se você é um apreciador de vinho tinto, vai gostar de saber que ele pode ser um poderoso aliado na prevenção do câncer. Um artigo publicado na edição de novembro do jornal “Advances in Experimental Medicine and Biology” afirma que o resveratrol, substância encontrada na casca da uva e no vinho tinto, causa efeitos benéficos à saúde, inclusive combatendo células cancerígenas.

Estudos comprovam que o consumo de álcool aumenta os riscos de desenvolvimento do câncer de cabeça e pescoço. No entanto, com a nova descoberta sobre o resveratrol, o vinho tinto entra na lista de aliados na prevenção da doença.

De acordo com Robert Sclafani, pesquisador da Universidade do Colorado, nos Estados Unidos, “o uso excessivo de álcool é um dos fatores que causa o câncer de cabeça e pescoço. Agora, o resveratrol desafia as células, matando aquelas com danos no DNA e impedindo que elas causem câncer. O álcool danifica as células e o resveratrol mata as células danificadas”.

Os danos causados pelo álcool e sua capacidade de causar câncer foram confirmados durante a análise de uma outra doença, a anemia Fanconi, doença rara que atinge 1 em cada 350 mil bebês. Dentro do organismo de cada pessoa, o DNA acumula naturalmente “ligações cruzadas” que os genes saudáveis reparam e combatem. As vítimas da anemia Fanconi não tem a capacidade de reparar essas ligações cruzadas e os danos no DNA vão se acumulando ao longo do tempo. Por esse motivo, os pacientes com anemia Fanconi possuem risco maior de desenvolver vários tipos de câncer.

O mecanismo que acelera o desenvolvimento de câncer nos pacientes com anemia Fanconi também está presente naqueles que consomem álcool em excesso. O estado processado do álcool dentro do organismo produz uma substância cancerígena chamada acetil adeíldo, que provoca ligações cruzadas no DNA. “Quando você olha para estudos de câncer de cabeça e pescoço , o álcool é um fator de risco, mas a incidência de câncer mais baixa é em pessoas que bebem vinho tinto. No vinho tinto, há algo que está bloqueando o efeito causador da doença”, afirma Robert Sclafani.

Matheus Leitão

Matheus Leitão é jornalista há 15 anos. Em sua carreira, passou pelas redações do Correio Braziliense, revista Época, portal iG e Folha de S.Paulo. Matheus recebeu o Prêmio Esso por duas vezes, o Troféu Barbosa Lima Sobrinho -- além de menção honrosa no Vladimir Herzog. Entre 2011 e 2012, esteve na Universidade de Berkeley, na California, como Visiting Scholar.

    Comente

    O autor do blog não se responsabiliza pelo comentário.