Vladimir Putin: “a vida não significa nada sem amor”

07/11/2014 20h08m. Atualizado em 10/12/2014 23h55m

CompartilheShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on RedditShare on VK

Para o presidente da Rússia, Vladimir Putin, o único sentido da vida é o “amor”. Quem foi ouvir o discurso do presidente russo, no seminário “Russian Geographical Society”, nesta sexta-feira (7), e esperava ensinamentos sobre poder saiu com lições sobre o amor.
“O significado de toda a nossa vida e existência é o amor. É o amor à família, aos filhos, à pátria. Esse é um fenômeno complicado, mas presente em todas as nossas ações”, disse Putin, segundo informações do site de notícias russo RiaNovosti. Para os seus muitos inimigos, dentro e fora do país, toda essa afetividade deve ter soado como ironia.
Em 2014 ele entrou em conflito armado com a Ucrânia e anexou a Crimeia.
Nesta semana, Putin foi eleito pelo segundo ano consecutivo a pessoa mais poderosa do mundo pela revista Forbes. A revista diz que não se pode considerar o presidente russo um exemplo de “boa pessoa”, mas justifica a decisão porque Putin “continua solidificando seu controle sobre a Rússia e o cenário internacional”. Barack Obama ficou em segundo lugar.

Matheus Leitão

Matheus Leitão é jornalista há 15 anos. Em sua carreira, passou pelas redações do Correio Braziliense, revista Época, portal iG e Folha de S.Paulo. Matheus recebeu o Prêmio Esso por duas vezes, o Troféu Barbosa Lima Sobrinho -- além de menção honrosa no Vladimir Herzog. Entre 2011 e 2012, esteve na Universidade de Berkeley, na California, como Visiting Scholar.

    Comente

    O autor do blog não se responsabiliza pelo comentário.