Contato e Perfil do Autor



matheus leitaoMatheus Leitão Netto é jornalista desde 2000 e, de lá para cá, trabalhou no Correio Braziliense (repórter), revista Época (repórter), no portal iG (editor de política) e Folha de S. Paulo. Na infância sonhava em cobrir esportes, mas na vida real é repórter em Brasília. Cinco vezes finalista do prêmio Esso, venceu em 2003 com série de reportagens sobre a Guerrilha do Araguaia – trabalho realizado na companhia de três jornalistas – e em 2013 com reportagens para o projeto Folha Transparência. Duas vezes finalista do prêmio Embratel, em 2009 venceu o troféu Barbosa Lima Sobrinho com o caso Zoghbi. Foi o primeiro jornalista a divulgar o vídeo do governador José Roberto Arruda recebendo dinheiro, assim como a maioria das imagens do escândalo do DF. A série de reportagens, intitulada Mensalão do DEM, fez a comissão do Esso “recomendar aos patrocinadores do prêmio a criação da categoria ‘Jornalismo On Line'”. Já havia mostrado as regalias dos assassinos do índio Galdino Jesus dos Santos em uma prisão federal em Brasília. Liderou série sobre dois desembargadores acusados de corrupção e tráfico de influência dentro do Tribunal de Justiça do Distrito Federal. As reportagens motivaram o primeiro caso de um desembargador afastado e processado na história do DF e levaram o Grande Prêmio Correio Braziliense em 2003. Em 2011, publicou o caso dos passaportes diplomáticos concedidos irregularmente, por “interesse do país”, para os filhos e netos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Os documentos foram cassados por decisão judicial ou devolvidos. Após a revelação do caso, o Itamaraty alterou as regras da entrega dos documentos vermelhos. Pelo material, foi reconhecido com o Prêmio Folha de melhor reportagem do bimestre Jan/Fev de 2011. Revelou ainda, com outro colega, a história do hacker que invadiu o email da presidente Dilma Rousseff. A mesma parceria mostrou milhares de papéis produzidos pela ditadura militar (1964-1985) que estavam retidos em ministérios, fora do alcance imediato do público. Esse material inclui avisos, memorandos, ofícios, exposições de motivos e telegramas produzidos pelas mais altas autoridades do regime. O trabalho ganhou menção honrosa no prêmio Vladimir Herzog 2013, alem do Esso de Melhor Contribuição à Imprensa. Na ocasião, o Esso homenageou o autor do blog por ter sido a primeira vez que mãe e filho receberam a distinção numa mesma edição. Em sua carreira, o repórter mostrou ainda como o governo instalou equipamentos de gravação nos parlatórios — locais em que se realizam as conversas entre advogados e presos — de quatro presídios federais do país. Descobriu que Dilma tinha o código de acesso do arsenal da VAR-Palmares, organização que combateu a ditadura militar. Em 2014, pontuou casos de regalias concedidas aos condenados do mensalão. Participou, como palestrante, de três congressos internacionais realizados pela Abraji (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo) com os temas “Boas histórias – Caso Zoghbi e Mensalão do DEM”, “Caminhos e descaminhos de dinheiro público” e “Os arquivos ocultos da ditadura”. Também foi palestrante da 8a Conferência Global de Jornalismo Investigativo. Entre agosto de 2011 e Julho de 2012 esteve de licença da Folha para estudar na UC Berkeley como Visiting Scholar. A ideia do blog, no formato News/Analítico, nasceu na universidade.

————————————

Award-winning reporter for over a decade at dailies, magazines and news website in Brazil, Matheus was the first journalist to broadcast the video of former Federal District Governor, José Roberto Arruda, receiving bribes. He also wrote the piece exposing former President Lula’s sons, who are not diplomats, being given diplomatic passports and was one of the authors who uncovered the Zoghbi Scandal, corruption case in the Senate. Wrote important articles on the military dictatorship. Speaker at three international conferences held by Abraji (Brazilian Association of Investigative Journalism), Matheus worked at Correio Braziliense, Época magazine, portal iG and Folha de S.Paulo. Between August 2011 and July 2012 was on leave of absence from Folha de S.Paulo to study at UC Berkeley as a Visiting Scholar.

 

Contato

Email: matheusleitaonetto@gmail.com

http://twitter.com/#!/Mleitaonetto

http://journalism.berkeley.edu/profiles/matheus_leitao/

http://www.linkedin.com/pub/matheus-leitão-netto/47/26/147