Pierre Pichoff

Pierre Pichoff

Formado como piloto comercial de avião, Pierre Pichoff mora em Caen, na Normandia, França. Ele é o diretor de uma empresa de turismo, a "Descobrindo a Normandia", que oferece passeios personalizados sobre a história da Segunda Guerra Mundial na Normandia, além de Paris e outros roteiros na França.

Posts by Pierre Pichoff 24 results

Príncipe Charles alerta: Florestas são mais vulneráveis do que pensamos. Pierre Pichoff

Algumas das florestas mais antigas do mundo estão em um estado mais precário do que se pensava. Essa é a conclusão de pesquisa encomendada pelo príncipe Charles, publicada no jornal britânico Financial Times. Com as novas tecnologias aplicadas pela pesquisa, tornou-se mais fácil de entender o quanto as florestas podem ajudar a afastar as ...

O criador da Nutella que se foi… Por Pierre Pichoff

Retraçar a vida de Michele Ferrero que faleceu neste mês de Fevereiro em Mônaco, aos 89 anos, é antes de tudo dizer que este homem era tão discreto quanto rico. Seguido a revista Forbes, ele possuía 20 bilhões de Euros. Ele se tornou famoso após ter criado em 1964 a famosa Nutella, esse creme de avela com nozes, chocolate e outros ...

Rafale, 27 anos à caça… de comprador. Por Pierre Pichoff

Não se conhece um avião de combate que tenha apanhado tanto no mercado como o Rafale. Em 27 anos de história, não lhe faltaram críticas. Preço altíssimo ou até o fato de ser sofisticado demais… O Rafale foi se tornando ao longo dos anos um assunto de brincadeira no mundo dos negócios. A verdade é que, com seis fracassos seguidos, em ...

Nazista de 93 anos vai ser julgado por Holocausto. Por Pierre Pichoff

No próximo dia 21 de abril, Oskar Groning, de 93 anos, será julgado por responsabilidade no genocídio de 300 mil pessoas no campo de concentração em Auschwitz, símbolo do Holocausto da Segunda Guerra Mundial. Oskar Groning era contador em Auschwitz e deve ser um dos últimos nazistas vivos. Acusado por “cumplicidade” nos assassinatos, ...

Inquietude e indignação com a indiferença ao genocídio na Nigéria; por Pierre Pichoff

Mais de quinze vilarejos foram atacados durante dias seguidos na cidade de Baga, no nordeste da Nigéria, deixando centenas de corpos deitados ao chão. São esses os relatos que chegaram à Anistia Internacional pelos poucos sobreviventes que conseguiram escapar da morte e chegar a cidades vizinhas. Trata-se de um genocídio cometido pelo grupo ...

Turismo na Bahia: Bem-vindo a Salvador, por Pierre Pichoff

Uma capital antiga, capoeira, e um grupo crianças gritando até perder o folego "We are Carnaval / We are folia / We are the world of Carnaval / We are Bahia". Bem-vindo a Salvador, coração do Brasil. Assim que desembarquei, minhas emoções fizeram-me logo descobrir o porquê de Salvador ser o coração do Brasil. Poderia usar apenas adjetivos ...

Confira como está a nova edição da Charlie Hebdo; Por Pierre Pichoff

O propósito do Charlie Hebdo é fazer as pessoas rirem e assim seguirá. A próxima edição, que deve sair nesta quarta-feira (14), foi criada pelos sobreviventes do ataque terrorista que dizimou grande parte da redação da revista. A nova edição vai mostrar que manterá sua linha editorial e satirizar, como é de costume, a política e as ...

Hipocrisia também é Charlie; Por Pierre Pichoff

Presentes à grande Marcha Republicana de Paris, neste domingo (12), diversos líderes conhecidos por reprimir à liberdade de expressão engrossaram o coro "Je suis Charlie". O primeiro-ministro britânico, David Cameron, nunca aceitou a publicação dos arquivos vazados por Edward Snowden ao The Guardian e chegou a declarar que "muitas pessoas ...

Dados de passageiros em aéreas serão compartilhados por sistema de segurança; Por Pierre Pichoff

A estratégia definida pelos ministros de segurança dos onze países europeus e o do ministro da Justiça americano será o estabelecimento de um sistema universal com os dados dos viajantes fornecidos pelas companhias aéreas. Presentes à Marcha Republicana em Paris, eles esperam dar respostas rápidas para recrudescer a luta contra o terrori...

Vítima do estado islâmico, Omaya, “a Joana D’arc iraquiana”, também é Charlie. Por Pierre Pichoff

No Brasil quase ninguém a conhece. Mas a iraquiana Omaya Al-Jbara, considerada a mulher do ano de 2014 pelo jornal francês "Le Monde", deixou um legado para o mundo na luta contra o terrorismo. Destemida, Omaya morreu aos 40 anos vítima do Estado Islâmico. No momento em que o mundo se choca com o ataque covarde à revista francesa Charlie ...