Enquanto Aécio se ocupa em responder Lula, Dilma faz campanha

24/10/2014 10h54m. Atualizado em 25/10/2014 09h54m

CompartilheShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on RedditShare on VK

A estratégia do PT de lançar mão do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva como uma espécie de terceiro candidato do segundo turno da disputa eleitoral pela presidência da República funcionou. O resultado é de fácil constatação ao analisar as matérias desta quinta-feira (23) nos principais jornais do país: Aécio ocupou o espaço na imprensa para responder Lula, enquanto Dilma Rousseff comemora vitória antecipada e faz campanha para jovens e mulheres.

“Associado a nazistas, Aécio diz que ignora Lula” e “Na TV, Aécio diz que é vítima de ‘atentados’ à sua honra” são os títulos de duas matéria na Folha, “Aécio afirma que Lula ‘apequena sua própria biografia” é destaque interno no Estadão. O mesmo espaço poderia ter sido ocupado por Aécio para divulgar propostas e ideias, mas foram os ataques do ex-presidente Lula que pautaram a mídia.

Do lado petista, o tom das matérias na cobertura das campanhas é outro. Como Dilma deixou a tarefa de atacar seu adversário para Lula, a pauta da candidata nos jornais virou propositiva: “Dilma canta vitória em Minas e diz que ‘esta eleição virou’” é destaque interno no Estadão. “Dilma cresceu entre mulheres após ataques”, diz a Folha.

Nos últimos dias, Lula fez ataques só vistos nesta eleição a adversários políticos. Lula chamou o adversário Aécio Neves de moleque, filhinho de papai e desrespeitador de mulheres.

Matheus Leitão

Matheus Leitão é jornalista há 15 anos. Em sua carreira, passou pelas redações do Correio Braziliense, revista Época, portal iG e Folha de S.Paulo. Matheus recebeu o Prêmio Esso por duas vezes, o Troféu Barbosa Lima Sobrinho -- além de menção honrosa no Vladimir Herzog. Entre 2011 e 2012, esteve na Universidade de Berkeley, na California, como Visiting Scholar.