Corrupção em estradas; Suspeitas sobre ex-secretário da Receita; Redução do poder do CNJ. Nos jornais deste sábado (4)

04/04/2015 09h57m. Atualizado em 05/04/2015 11h53m

CompartilheShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on RedditShare on VK

Irregularidades em construção de estradas, a suspeita da Polícia Federal de que a fraude no conselho fiscal incluía o ex-secretário da Receita e articulações para reduzir o poder do Conselho Nacional de Justiça são os três temas que abrem o noticiário dos maiores jornais do país neste sábado (4).

O Estado de S.Paulo dá como manchete que “PF suspeita que fraude incluía o ex-secretário da Receita”. Otacílio Cartaxo foi indicado para o cargo em 2009. Depois, ele passou a presidir o Carf, Conselho Administrativo de Recursos Fiscais.

O Globo registrou na manchete que “Esquema desviou R$ 89 milhões de estrada”. Auditoria do CGU, informa o jornal, descobriu e evitou algumas irregularidades em construção de estradas. O prejuízo poderia ter sido de R$ 154 milhões. A maior parte das irregularidades foi no Nordeste na construção de um lote da BR 101 com sobrepreço. Está envolvido um consórcio das empreiteiras Queiroz Galvão, Andrade Gutierrez e Odebrecht.

A Folha de S.Paulo conta em sua manchete que “Magistrados se articulam para reduzir poder da CNJ”. O presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowsky, mandou o texto de um projeto aos colegas antes de enviar ao Congresso que enfraquece o Conselho Nacional de Justiça.

Outro destaque do noticiário é o enterro do filho do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, ao qual a presidente Dilma Rousseff compareceu com ministros, entre eles, Joaquim Levy.

Os jornais também registram que o ajuste fiscal divide o governo Dilma. O PT faz seu próprio ajuste. O partido está cortando gastos porque teve queda de arrecadação desde o início da divulgação do escândalo da Lava Jato.

No Complexo do Alemão um protesto de moradores contra a morte de um menino de dez anos levou a confronto com a Polícia Militar. Os policiais suspeitos da morte do menino foram afastados.

O aumento da conta de luz está aumentando a inadimplência e isso deve levar a novos aumentos da conta de luz.

Matheus Leitão

Matheus Leitão é jornalista há 15 anos. Em sua carreira, passou pelas redações do Correio Braziliense, revista Época, portal iG e Folha de S.Paulo. Matheus recebeu o Prêmio Esso por duas vezes, o Troféu Barbosa Lima Sobrinho -- além de menção honrosa no Vladimir Herzog. Entre 2011 e 2012, esteve na Universidade de Berkeley, na California, como Visiting Scholar.

    Comente

    O autor do blog não se responsabiliza pelo comentário.