Governo é derrotado na Câmara e terá que reduzir dívida dos Estados e municípios. Nos jornais desta quarta (25)

25/03/2015 07h20m. Atualizado em 26/03/2015 08h24m

CompartilheShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on RedditShare on VK

A derrota do governo na renegociação da dívida dos Estados é a manchete dos principais jornais desta quarta (25). O Globo deu a notícia com o seguinte título: “Câmara derrota Dilma e aprova a redução das dívidas”. O Estado de S. Paulo: “Câmara derrota Dilma e dá prazo para revisão de divida”. A Folha de S. Paulo acrescenta outro risco fiscal: “PMDB força Dilma a rever dívidas e ameaça arrocho”.

A briga é em torno de uma lei aprovada no ano passado permitindo a renegociação da dívida que Estados e grandes cidades têm com a União, diminuindo a correção da dívida inclusive retroativamente. A lei foi sancionada pela presidente Dilma Rousseff, mas agora o governo argumenta que ela precisa ser regulamentada.

O projeto desta terça (24), votado em regime de urgência, obriga o governo a cumprir a lei e agora vai para o Senado. A Presidente disse que não tem como arcar com esse aumento de despesas. A briga foi detonada pelo prefeito do Rio, Eduardo Paes, do PMDB, que entrou na Justiça para não pagar mais do que estabelece o novo indexador. As medidas do ajuste fiscal também correm risco de serem derrotadas.

Outros destaques: A queda abrupta do Airbus nos Alpes matou 150 pessoas. O avião da companhia Germanwings caiu nove mil metros em oito minutos e se chocou com os Alpes na França; A CPI da Petrobras convocou o tesoureiro do PT, João Vaccari, que vai se licenciar do cargo; O Valor Econômico deu na manchete informações sobre como será o papel do BNDES agora que não receberá mas bilionários repasses do Tesouro Será o de “estimular negócios”; Em segundo título informa que Frente Nacional de Prefeitos pretende entrar com uma medida judicial obrigando o cumprimento imediato da lei que reduz a dívida de Estados e municípios. O mesmo tema sobre o qual a Câmara aprovou o projeto na noite de terça.

Matheus Leitão

Matheus Leitão é jornalista há 15 anos. Em sua carreira, passou pelas redações do Correio Braziliense, revista Época, portal iG e Folha de S.Paulo. Matheus recebeu o Prêmio Esso por duas vezes, o Troféu Barbosa Lima Sobrinho -- além de menção honrosa no Vladimir Herzog. Entre 2011 e 2012, esteve na Universidade de Berkeley, na California, como Visiting Scholar.

    Comente

    O autor do blog não se responsabiliza pelo comentário.