A lista oficial de políticos envolvidos na Lava Jato; Investigação atinge campanha de Dilma em 2010; Ressaca política nos jornais deste sábado

07/03/2015 10h11m. Atualizado em 08/03/2015 09h15m

CompartilheShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on RedditShare on VK

A divulgação da lista de políticos acusados de envolvimento na Lava Jato e o levantamento do sigilo de documentos no Supremo Tribunal Federal domina totalmente a primeira página dos jornais neste sábado (7). As manchetes trazem as listas e as relevantes informações coletadas nos documentos divulgados pelo ministro Teori Zavascki na noite desta sexta (6).

“STF abre investigação contra Renan, Cunha, Anastasia, Collor e mais 46″ é a manchete do Estado de S.Paulo. O matutino carioca O Globo apontou que “Inquéritos contra 49 políticos investigam até propina semanal”. “Lava Jato atinge 34 parlamentares e a campanha de Dilma em 2010″ é a chamada mais importante da Folha de S.Paulo.

A Folha traz esse viés porque, nos documentos divulgados e lidos às pressas pelos jornalistas, um fato novo e revelador tirou o sono do Governo: o juiz federal Sérgio Moro vai comandar a investigação sobre as atividades do ex-ministro Antônio Palocci na campanha de 2010.

Neste caso, traz um perigo ainda maior para a presidente Dilma. O noticiário pode sair do dinheiro desviado de contratos da Petrobras a políticos da base do governo para dinheiro desviado para a campanha da presidente em 2010.

A quebra do sigilo dos relatórios sobre as investigações da Lava Jato deverá continuar ocupando espaço na mídia nos próximos dias e aumentará ainda mais a tensão entre o Congresso Nacional e o Governo.

A leitura mais detalhada dos documentos começa a ser feita agora. Jornais impressos e eletrônicos começarão a examinar com mais cuidado e estudar os detalhes das delações premiadas. Muitas e novas revelações sobre o escândalo continuarão a chocar a sociedade brasileira.

O levantamento do sigilo das investigações mostra um ponto fundamental: o Juiz Moro teve basicamente todas as suas decisões acatadas até o momento.

Matheus Leitão

Matheus Leitão é jornalista há 15 anos. Em sua carreira, passou pelas redações do Correio Braziliense, revista Época, portal iG e Folha de S.Paulo. Matheus recebeu o Prêmio Esso por duas vezes, o Troféu Barbosa Lima Sobrinho -- além de menção honrosa no Vladimir Herzog. Entre 2011 e 2012, esteve na Universidade de Berkeley, na California, como Visiting Scholar.

    Comente

    O autor do blog não se responsabiliza pelo comentário.