Lista de Janot tem Renan e Cunha; Renan devolve MP: tensão na política. Nos jornais de quarta (4)

04/03/2015 07h05m. Atualizado em 05/03/2015 07h39m

CompartilheShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on RedditShare on VK

A tensão política está nos jornais desta quarta (4). “Lista de Janot chega ao STF: 54 são citados, entre eles Renan e Cunha”, diz o Estado de S.Paulo. A notícia está em todos os jornais e dá detalhes de como a Procuradoria Geral da República encaminhou ao STF 28 pedidos de abertura de inquérito contra 54 pessoas, a maioria políticos, citadas na operação Lava Jato. Na lista estão os presidentes do Senado e da Câmara. Ambos foram avisados mas a lista ainda não foi oficialmente divulgada.

“Investigação agrava crise”, diz o Globo. “Alvo da Lava Jato, Renan retalia e derrota governo no ajuste fiscal”. É a manchete da Folha de S.Paulo. “Embate político abala ajuste fiscal” é a manchete do Valor Econômico.

Além da lista, o que está sendo destacado nos jornais do dia é a decisão do senador Renan Calheiros, que reduz esse benefício e na prática aumenta o imposto sobre as empresas. Renan disse que não poderia ter sido por Medida Provisória.

O governo reagiu e mandou um projeto de lei com pedido de urgência constitucional com a mesma matéria. O conflito político entre o governo e o Congresso é fruto também das falhas de comunicação do Executivo com o Congresso, como foi analisado aqui no blog. Mas o fato é que esse embate afeta diretamente o ajuste fiscal.

Outros destaques nas primeiras páginas são: juíza de Brasília determinou deportação do italiano Cesare Battisti; Dólar subiu para o seu valor mais alto em 10 anos, R$ 2,92; Governo vai cortar subsídio da luz de 5 milhões de famílias; Construção vive sua pior fase desde 92; Conselho de administração deixa Petrobras pegar empréstimo de US$ 19 bi; Governo está estudando a criação de imposto para renda obtida por meio de doação e heranças.

Matheus Leitão

Matheus Leitão é jornalista há 15 anos. Em sua carreira, passou pelas redações do Correio Braziliense, revista Época, portal iG e Folha de S.Paulo. Matheus recebeu o Prêmio Esso por duas vezes, o Troféu Barbosa Lima Sobrinho -- além de menção honrosa no Vladimir Herzog. Entre 2011 e 2012, esteve na Universidade de Berkeley, na California, como Visiting Scholar.

    Comente

    O autor do blog não se responsabiliza pelo comentário.