Bendine vira presidente da estatal com voto contra de funcionários e minoritários. Destaque dos jornais de sábado (7)

07/02/2015 07h43m. Atualizado em 08/02/2015 09h14m

CompartilheShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on RedditShare on VK

A nomeação de Bendine para a Petrobras e a disparada da inflação são os destaques dos jornais deste sábado (7). Todos ressaltam que o nome não foi bem recebido pelos investidores. “Bendine tem carta-branca, mas ações despencam”.

Ele é investigado pelo Ministério Público pelo empréstimo à Val Marchiori, uma amiga socialite. O crédito foi concedido em condições nada usuais no mercado bancário. “Dilma põe presidente do BB na Petrobras; escolha frustra mercado” — diz o Estado de S.Paulo. “Dilma põe presidente do BB na Petrobras, e ações caem”, afirma a Folha de S.Paulo.

A aprovação do nome não foi unânime. Os três conselheiros representantes dos minoritários e dos funcionários votaram contra. No mercado, o nome foi interpretado como sinal de que o governo vai continuar interferindo na empresa. O objetivo de Bendine é blindar o Palácio do Planalto contra as denúncias da corrupção na estatal.

A inflação de janeiro foi a maior em 12 anos e refletiu principalmente o tarifaço de energia, os aumentos de gasolina, ônibus e a alta de alimentos que sempre ocorre no começo do ano. A taxa acumulada em 12 meses estourou o teto da meta e chegou a 7%. O governo já anunciou novo aumento da bandeirada para março, além dos reajustes anuais que ocorrerão nos meses de cada distribuidora. O dólar subiu 1,2%.

“PT aplaude e Lula elogia Vaccari” informa o Globo na primeira página, sobre o tesoureiro do partido que foi levado para depor na operação Lava Jato, em cuja investigação já foi citado vários vezes como um dos que recebiam a propina paga ao PT. Todos os jornais deram destaque ao aniversário de 35 anos do PT em Belo Horizonte. A Folha deu foto da presidente Dilma e do ex-presidente Lula soprando velas do bolo de aniversário.

Lula disse que o PT ficou um partido “como os outros” e que o roubo de “alguns” envergonha. “Com Lula em ato do PT, Dilma ataca ‘golpismo’” — informa o Estado de S.Paulo. A presidente acusou “inconformados com o resultado das urnas” e diz que tem força para resistir ao “golpismo”.

Ainda nos jornais, um ex-funcionário da Arxo, uma fornecedora da BR Distribuidora, disse que R$ 7 milhões foram pagos à subsidiária da Petrobras mesmo depois de ter se iniciado a operação para o combate à corrupção na estatal.

Matheus Leitão

Matheus Leitão é jornalista há 15 anos. Em sua carreira, passou pelas redações do Correio Braziliense, revista Época, portal iG e Folha de S.Paulo. Matheus recebeu o Prêmio Esso por duas vezes, o Troféu Barbosa Lima Sobrinho -- além de menção honrosa no Vladimir Herzog. Entre 2011 e 2012, esteve na Universidade de Berkeley, na California, como Visiting Scholar.

1 Comentário para "Bendine vira presidente da estatal com voto contra de funcionários e minoritários. Destaque dos jornais de sábado (7)"

  • marco antonio duarte 07-02-2015 (7:58 am)

    O SUJEITO JÁ NÃO É DO RAMO E JÁ VEM ARRASTANDO UM ENROSCO. A DILMA NÃO ACERTA UMA!

Comente

O autor do blog não se responsabiliza pelo comentário.