Petrobras está sem direção e nome de substituto divide governo. Manchetes dos jornais de quinta (5)

05/02/2015 05h40m. Atualizado em 05/02/2015 11h11m

CompartilheShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on RedditShare on VK

A renúncia de toda a diretoria da Petrobras é a manchete dos jornais desta quinta (5). “Rebelião de diretores antecipa saída de Graça” — diz o título do Globo, informando que a ideia de Dilma de manter cúpula até análise do balanço fracassa.

Agora, o governo tem 24 horas para escolher nome substituto para ser analisado em reunião de amanhã. “Graça deixa Petrobras; nome do substituto divide governo” é a manchete a Folha, informando que o ministro Aloizio Mercadante defende o nome de Murilo Ferreira da Vale, e o ministro Joaquim Levy, alguém do mercado financeiro como Paulo Leme.

Os jornais dão nomes como o de Eduarda LaRoque, que foi secretaria de Finanças do Rio, e Luciano Coutinho que faz parte do conselho e já é do governo, ou Rodolfo Landim que já foi diretor da Petrobras.

“Cúpula da Petrobras renuncia e faz Dilma acelerar escolha” é o título do Estado de S.Paulo. O Valor Econômico diz que “Graça rompe acordo com Dilma e antecipa renúncia”. Informa ainda que as negociações com o auditor, a PriceWaterHouse, estavam progredindo nos últimos meses para se chegar a um balanço auditado.

Outros assuntos em destaque: aliados do governo assinaram e ajudaram a completar o número de assinaturas necessárias para se criar uma nova CPI da Petrobras. É mais uma derrota da presidente Dilma no Congresso.

O Comitê que monitora o setor elétrico informou que o risco de faltar energia nas regiões Sudeste e Centro-Oeste subiu de 4,9% para 7,3% e isso está acima do limite tolerável que é 5%. O dólar atingiu a maior cotação em 10 anos chegando a R$ 2,742. Pesam a crise da Petrobras e o pessimismo com a economia brasileira. A Justiça bloqueou os bens de Eike Batista, sua mulher, ex-mulher e filhos.

Matheus Leitão

Matheus Leitão é jornalista há 15 anos. Em sua carreira, passou pelas redações do Correio Braziliense, revista Época, portal iG e Folha de S.Paulo. Matheus recebeu o Prêmio Esso por duas vezes, o Troféu Barbosa Lima Sobrinho -- além de menção honrosa no Vladimir Herzog. Entre 2011 e 2012, esteve na Universidade de Berkeley, na California, como Visiting Scholar.

    Comente

    O autor do blog não se responsabiliza pelo comentário.