2015: o ano que mal começou

20/01/2015 15h32m. Atualizado em 21/01/2015 09h56m

CompartilheShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on RedditShare on VK

A sensação dos brasileiros neste começo de 2015, ou desde a reeleição da presidente Dilma Rousseff, é que uma avalanche de notícias ruins confirma as críticas da oposição aos erros do primeiro mandato.
Nesta segunda o país viveu um resumo das duas grandes críticas feitas pela oposição ao primeiro governo Dilma: que ele desorganizou as contas públicas e criou uma crise energética.
Na mesma tarde, enquanto a população tentava entender as causas do apagão, que deixou inclusive paulistanos andando sobre os trilhos do metro e na escuridão do túnel, o governo tinha outra má notícia. O ministro da Fazenda, Joaquim levy, estava anunciando aumento de impostos, que vão encarecer o crédito, a gasolina, os importados em geral, e os cosméticos em particular.
Nesta terça-feira (20) o Diário Oficial já trouxe outro peso sobre o contribuinte: a tabela do imposto de renda não vai ser reajustada e isso implica no aumento do imposto cobrado das pessoas físicas.
Os jornais trazem ainda a notícia que o FMI reduziu a previsão de crescimento mundial para 3,5%, mas o Brasil vai crescer apenas 0,3% na previsão do Fundo.
Os economistas estão prevendo que a inflação oficial (o IPCA) de janeiro pode chegar a 1,2%.O aumento da gasolina vai pesar em fevereiro. Segundo os economistas, será o pior bimestre do ano.
Na quarta-feira (21), o Banco Central vai subir os juros. Quem sabe na quinta (22) a gente tem uma folga.

Matheus Leitão

Matheus Leitão é jornalista há 15 anos. Em sua carreira, passou pelas redações do Correio Braziliense, revista Época, portal iG e Folha de S.Paulo. Matheus recebeu o Prêmio Esso por duas vezes, o Troféu Barbosa Lima Sobrinho -- além de menção honrosa no Vladimir Herzog. Entre 2011 e 2012, esteve na Universidade de Berkeley, na California, como Visiting Scholar.

2 Comentários para "2015: o ano que mal começou"

  • Agnaldo Silva 20-01-2015 (3:58 pm)

    Parabéns Matheus Leitão, ilustre Jornalista pelos comentários e pelas matérias apresentadas. É isso mesmo que queremos ver , um jornalismo imparcial e sério.

  • Merced 21-01-2015 (1:17 pm)

    Salve se quem puder.

Comente

O autor do blog não se responsabiliza pelo comentário.