Vestido em 3D é a última moda… em Las Vegas

12/01/2015 11h06m. Atualizado em 12/01/2015 11h06m

CompartilheShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on RedditShare on VK

Ainda longe da realidade brasileira, mas em pleno funcionamento. As impressoras 3D agora auxiliam os estilistas em suas criações com o ganho de velocidade, sonho do mundo fashion.
Roupas, sapatos, bolsas e acessórios com a nova tecnologia foram apresentadas na feira de Las Vegas 3D System na semana passada.
Em vez de criações robóticas, que lembram filmes intergalácticos, as roupas fabricadas pelas impressoras 3D são leves, simples, elegantes e podem sinalizar uma revolução na produção de moda.
O vestido criado pelo laboratório Nervous System, por exemplo, é feito de forma única, utilizando peças de nylon e de plástico 3D não-tóxico.
O site Mashable visitou a fábrica da Nervous System, em Masachuttes, e descobriu que o processo para a fabricação de um vestido leva em média 44 horas. Para fazer uma peça personalizada, a máquina é formada por 2.279 painéis triangulares ligados por 3.316 dobradiças. O resultado é um vestido solto, leve e que se move da mesma maneira de um tradicional.
A tecnologia da Nervous System é em parceria com a Motorola Tecnologia e Projetos Avançados.

Matheus Leitão

Matheus Leitão é jornalista há 15 anos. Em sua carreira, passou pelas redações do Correio Braziliense, revista Época, portal iG e Folha de S.Paulo. Matheus recebeu o Prêmio Esso por duas vezes, o Troféu Barbosa Lima Sobrinho -- além de menção honrosa no Vladimir Herzog. Entre 2011 e 2012, esteve na Universidade de Berkeley, na California, como Visiting Scholar.

1 Comentário para "Vestido em 3D é a última moda... em Las Vegas"

Comente

O autor do blog não se responsabiliza pelo comentário.