Marcha de Paris marcará a história; Je Suis Charlie

11/01/2015 15h19m. Atualizado em 12/01/2015 19h50m

CompartilheShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on RedditShare on VK

Há momentos em que imagens são tão fortes que as palavras perdem a força. Diante do que está acontecendo em Paris neste domingo (11), as palavras ajudam a explicar, mas as imagens são avassaladoras.
Líderes de países que são até rivais, com conflitos dramáticos, uniram-se neste 11 de janeiro de 2015 que marcará a história do mundo.
A França e a Alemanha estão de braços dados, israelenses e palestinos, e tantos os outros. Mais de 1 milhão de pessoas marcharam pacificamente — nunca tanta gente nas ruas de Paris desde a marcha da Vitória na Segunda Guerra Mundial.
O que Paris está dizendo neste momento é eloquente, poderoso e marcará os próximos anos.

Um-milhao-em-paris

A União é a resposta certa a ser dada em altos brados na França ao pavoroso ataque à revista Charlie Hebdo. Os manifestantes defendem um valor civilizatório, que é o da liberdade de expressão. Ele foi conquistado com muita luta. É preciso união para mantê-la. Je Suis Charlie. #JeSuisCharlie

Matheus Leitão

Matheus Leitão é jornalista há 15 anos. Em sua carreira, passou pelas redações do Correio Braziliense, revista Época, portal iG e Folha de S.Paulo. Matheus recebeu o Prêmio Esso por duas vezes, o Troféu Barbosa Lima Sobrinho -- além de menção honrosa no Vladimir Herzog. Entre 2011 e 2012, esteve na Universidade de Berkeley, na California, como Visiting Scholar.

    Comente

    O autor do blog não se responsabiliza pelo comentário.