Gilberto Carvalho convocou petistas para abafar possíveis protestos

01/01/2015 10h14m. Atualizado em 01/01/2015 10h42m

CompartilheShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on RedditShare on VK

O ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho (foto), preparou a festa da posse como uma ofensiva contra possíveis manifestações contra Dilma Rousseff. O PT não disse quanto custou, mas mobilizou 800 ônibus para trazer petistas de diversas regiões para Brasília. Já se fala num número menor, de 400 a 500. Segundo O Estado de S.Paulo, Carvalho disse que “Será uma posse de caráter marcadamente político, no sentido de uma disputa”. Explicou também que “se tiver pouca gente, menos de dez mil pessoas, é um convite para que o outro lado faça uma provocação”. “Se nós botarmos bem mais gente que isso, duvido que alguém queira nos fazer qualquer provocação”, disse, segundo o Estado desta quinta-feira (1). O governo do DF cedeu o ginásio Nilson Nelson, no centro de Brasília, para a concentração dos militantes petistas. Carvalho deixa a Secretaria-Geral da Presidência hoje para presidir, a partir de fevereiro de 2015, o Conselho de Administração do Serviço Social da Indústria, o Sesi.

Matheus Leitão

Matheus Leitão é jornalista há 15 anos. Em sua carreira, passou pelas redações do Correio Braziliense, revista Época, portal iG e Folha de S.Paulo. Matheus recebeu o Prêmio Esso por duas vezes, o Troféu Barbosa Lima Sobrinho -- além de menção honrosa no Vladimir Herzog. Entre 2011 e 2012, esteve na Universidade de Berkeley, na California, como Visiting Scholar.

    Comente

    O autor do blog não se responsabiliza pelo comentário.