Presidente ao ser diplomada fala em basta à corrupção. Poderia confundir um marciano

18/12/2014 23h19m. Atualizado em 20/12/2014 17h25m

CompartilheShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on RedditShare on VK

A presidente reeleita Dilma Rousseff e o vice, Michel Temer, foram diplomados na noite desta quinta-feira pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para o próximo mandato de quatro anos, que vai de 2015 a 2018.
O diploma é uma formalidade necessária para a posse, que será realizada no dia primeiro de janeiro.
Durante o discurso, Dilma, que enfrenta o maior escândalo da história do país — desvios bilionários da Petrobras — afirmou que “chegou a hora do Brasil dar um basta à corrupção”. Quem chegasse de Marte acharia que o caso envolve pessoas totalmente de fora do grupo político ao qual a presidente pertence.
“Estamos enfrentando essa situação com destemor e vamos converter a renovação da Petrobras em energia transformadora do nosso País”, afirmou a presidente. “Temos que punir as pessoas, não destruir as empresas”, defendeu a agora diplomada.
Na leitura que apresentou no evento, ela define o caso como sendo o de “alguns funcionários da estatal” que foram atingidos no processo… de “combate à corrupção”. Dilma defendeu a criação “de uma nova consciência de moralidade pública e imbuir deste espírito as atuais e próximas gerações”. De novo, um marciano se confundiria ao tentar entender a conjuntura brasileira.
Ao dizer que “eleição não é uma guerra”, Dilma pareceu também esquecer o que sua campanha fez com alguns dos “adversários”.
Enfrentando uma crise fiscal, em que o governo termina o ano sem cumprir as metas que ele mesmo havia estabelecido, e com o risco de ter déficit primário, inflação alta, a presidente defendeu “uma estabilidade fundada no crescimento sustentado e no controle da inflação”.
O país está estagnado mas ela diz que o crescimento do país “vai acelerar mais rápido do que alguns imaginam”. Se for isso, será uma boa surpresa. O oposto do primeiro mandato.
Responsável pela diplomação, o presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Dias Toffoli, que assina o documento, afirmou que não há espaço para “um terceiro turno”, referindo-se a possíveis contestações ao pleito eleitoral no Brasil.
O discurso teve alguns pontos tão fora da realidade que talvez o melhor fundo musical fosse Elias Regina cantando: “Alô, alô, marciano, aqui quem fala é da Terra…”

Matheus Leitão

Matheus Leitão é jornalista há 15 anos. Em sua carreira, passou pelas redações do Correio Braziliense, revista Época, portal iG e Folha de S.Paulo. Matheus recebeu o Prêmio Esso por duas vezes, o Troféu Barbosa Lima Sobrinho -- além de menção honrosa no Vladimir Herzog. Entre 2011 e 2012, esteve na Universidade de Berkeley, na California, como Visiting Scholar.

2 Comentários para "Presidente ao ser diplomada fala em basta à corrupção. Poderia confundir um marciano"

  • Geraldo Melo 19-12-2014 (9:18 am)

    Geraldo Melo. Sou um cidadão brasileiro, acho que cheguei de marte ontem .Esta senhora acha que todos os brasileiros são idiotas ,burros , retardados , ? A função básica desta senhora nos últimos meses é somente atrapalhar investigação sobre os heróis do seu partido, distribuir benesses a partidos aliados,para se manter no poder . Se quisesse realmente fazer algo pelo Brasil , demitiria toda a diretoria da Petrobras , seria um bom inicio , para ter coerência .

  • Paulo Roberto de Almeida Miranda 19-12-2014 (8:32 pm)

    É lamentável essa continuidade desastrada. Que a presidente sabe de tudo não tenha dúvida…porém, é bom sempre salientar que a mesma cumpre ordens de um grupo que veio para lascar com o país. É corrupção para todos os gostos…nem bem terminou os episódios do Mensalão, Petrolão, agora é o BNDES……tem que se fazer alguma coisa…povo unido jamais será vencido….o povo não sabe a força que tem…….o Brasil está sendo dilacerado…massacrado….e outra não estou com isso defendendo bandeira de quem quer que seja….queremos moralidade…homens conscientes, com temor a Deus e que possam assumir o poder com dignidade….roubam tanto e talvez não saibam que a morte os espera de forma tão rápida…..lamentável….

Comente

O autor do blog não se responsabiliza pelo comentário.