Cientistas descobrem mesmos genes por trás de língua humana e canto dos pássaros

12/12/2014 12h45m. Atualizado em 13/12/2014 07h46m

CompartilheShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on RedditShare on VK

A revista “Science” publicou um importante estudo nesta sexta-feira (12) que pode mudar a forma como o ser humano observa as aves.
A publicação mostrou que os mesmos genes responsáveis pela aprendizagem do canto das aves são também os usados no desenvolvimento da fala humana.
Apesar de mais complexas que os cantos emitidos por aves, os sons da língua humana são equiparados no estudo pela forma como as duas “espécies” aprendem a se comunicar, além da semelhança da localização desses genes nos cérebros.
Foram estudadas 50 espécie de aves que, assim como os humanos, necessitam de aprendizado vocal — ou seja, não nascem sabendo “falar” a sua língua. A investigação envolveu cientistas do mundo inteiro, como os da universidade de Oregon, nos Estados Unidos.
A averiguação continuará agora em aves como os papagaios, que não entraram na primeira fase.
A Science foi fundada em Nova Iorque por John Michaels em 1880 com apoio financeiro de dois gênios: Thomas Edison, inventor da lâmpada e do gramofone, e Alexander Graham Bell, criador do telefone.

Matheus Leitão

Matheus Leitão é jornalista há 15 anos. Em sua carreira, passou pelas redações do Correio Braziliense, revista Época, portal iG e Folha de S.Paulo. Matheus recebeu o Prêmio Esso por duas vezes, o Troféu Barbosa Lima Sobrinho -- além de menção honrosa no Vladimir Herzog. Entre 2011 e 2012, esteve na Universidade de Berkeley, na California, como Visiting Scholar.

    Comente

    O autor do blog não se responsabiliza pelo comentário.