Bolsa Família será estendida a estrangeiros que vivem em São Paulo

05/12/2014 08h54m. Atualizado em 05/12/2014 09h21m

CompartilheShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on RedditShare on VK

A partir da próxima segunda-feira (8), a prefeitura de São Paulo passa a realizar o cadastro de imigrantes que moram na cidade São Paulo interessados em receber o Bolsa Família. De acordo com informação publicada no site da prefeitura, a medida pode auxiliar no combate ao trabalho escravo.
Segundo a secretaria municipal de Direitos Humanos de São Paulo, a cidade conta com 370 mil imigrantes regulares, mas o total de estrangeiros residentes na capital pode chegar a um milhão. Estrangeiros oriundos de países como Haiti, Gana, Bolívia e Colômbia devem ser os principais beneficiados pelo programa.
A decisão de estender os benefícios sociais a imigrantes baseia-se no Estatuto do Estrangeiro (Lei 6.815 de 1980), segundo o qual “estrangeiro residente no Brasil goza de todos os direitos reconhecidos aos brasileiros, nos termos da Constituição e das leis”.
Nesta semana, o Ministério Público do Trabalho fez acordo com duas confecções fornecedoras da loja de departamentos Renner para indenizar, em quase R$ 1 milhão, 37 trabalhadores bolivianos resgatados em condições análogas às de escravidão. Os bolivianos trabalhavam em oficinas de costura na Zona Norte de São Paulo.

Matheus Leitão

Matheus Leitão é jornalista há 15 anos. Em sua carreira, passou pelas redações do Correio Braziliense, revista Época, portal iG e Folha de S.Paulo. Matheus recebeu o Prêmio Esso por duas vezes, o Troféu Barbosa Lima Sobrinho -- além de menção honrosa no Vladimir Herzog. Entre 2011 e 2012, esteve na Universidade de Berkeley, na California, como Visiting Scholar.

1 Comentário para "Bolsa Família será estendida a estrangeiros que vivem em São Paulo"

  • antonio gomes 05-12-2014 (9:50 pm)

    Isso se chama FALTA DE NOÇÃO…… sobre onde isso pode chegar! Ora, ainda que isso não seja mais uma JOGADA do PT, mais uma idéia ELEITOREIRA, tal medida só vai ESTIMULAR a vinda de MUITO MAIS haitianos e outros estrangeiros em situação de miséria em seus países! E TODOS vão para São Paulo, claro, se outras cidades não copiarem essa “”brilhante”” ideia. Como vai ficar São Paulo ??? Creio que nenhum outro país faz tal “loucura”, pois sabem bem o perigo, ao contrário do prefeito Haddad. Essa DISTRIBUIÇÃO DE DINHEIRO só vai trazer MUITO MAIS estrangeiros que estão em situação de miséria em seus países na Africa, na Ásia ou na América Latina. A notícia vai correr de boca em boca pelo mundo! O Brasil será verdadeiramente INVADIDO por muitos milhares que se sentirão atraídos por todos esses benefícios que só o Brasil está dando a imigrantes em situação de miséria….. LOGO, LOGO estaremos passando pela mesma situação calamitosa que passam EUA e Europa com gigantesca e incontrolável imigração. Solidadriedade é uma coisa (há diferentes formas de se prestar solidariedade) e isso é FALTA DE NOÇÃO, falta de inteligência, mesmo…. DEUS NOS ACUDA!

Comente

O autor do blog não se responsabiliza pelo comentário.