General sequestrado pelas FARCs é libertado

01/12/2014 09h42m. Atualizado em 01/12/2014 13h45m

CompartilheShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on RedditShare on VK

O general do exército colombiano Rubén Darío Alzate foi libertado neste domingo (30) pelas FARCs, o maior grupo rebelde do país sul-americano, amenizando a tensão política na região.
Alzate havia sido sequestrado no último dia 16 de novembro durante uma viagem de barco em um rio remoto a oeste da Colômbia. Alguns soldados também foram levados pelo grupo armado.
Após o sequestro, o presidente Juan Manuel Santos suspendeu as negociações de paz com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, que serão recomeçadas nesta segunda-feira (1).
Os negociadores do governo colombiano viajarão para Cuba para retomar os contatos. A delegação se reunirá por dois dias com integrantes das Farcs em Havana.
Alzate foi mantido em cativeiro na selva no norte do país, mesma região onde foi entregue ao Comitê Internacional da Cruz Vermelha. O general foi libertado juntamente com Jorge Rodriguez e Gloria Urrego.
Em meio século de conflito, foi a primeira que os rebeldes tomaram cativo um general do exército.
A Farc é uma organização de inspiração comunista, que se define marxista-leninista, operando mediante táticas de guerrilha e há anos mantém relações com o narcotráfico e o contrabando de armas.

Matheus Leitão

Matheus Leitão é jornalista há 15 anos. Em sua carreira, passou pelas redações do Correio Braziliense, revista Época, portal iG e Folha de S.Paulo. Matheus recebeu o Prêmio Esso por duas vezes, o Troféu Barbosa Lima Sobrinho -- além de menção honrosa no Vladimir Herzog. Entre 2011 e 2012, esteve na Universidade de Berkeley, na California, como Visiting Scholar.

    Comente

    O autor do blog não se responsabiliza pelo comentário.