Atlético Mineiro x Cruzeiro: o futebol é… dos mineiros!

27/11/2014 11h01m. Atualizado em 27/11/2014 11h09m

CompartilheShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on RedditShare on VK

Por Gabriela Moreira Não foi qualquer Copa do Brasil a vencida pelo Atlético-MG na noite desta quarta-feira (26) e no último dia 12, em Belo Horizonte. Verdade, mesmo, é que o tão esperado título nacional foi conquistado (uma conquista na essência da palavra) com vontade e suor do início ao fim.

Não se pode comparar uma Copa do Brasil em que os atleticanos eliminaram, em sequência, Palmeiras, Corinthians, Flamengo e o eterno rival Cruzeiro, com algumas edições “vença dois ao preço de um” que vimos em anos anteriores.

Esta, sim, foi uma senhora Copa do Brasil. Diego Tardelli, na noite desta quarta, fuzilou as pretensões celestes com um gol que Ricardo Goulart e Marcelo Moreno tentaram minutos antes pelo Cruzeiro e não fizeram.

Tentaram como se tenta salvar a bola que se apressa em sair pela lateral, naquele campinho de saibro do Aterro, naquela que é a terceira tentativa de título da temporada. Corre-se. Sabe-se que vale título. Quer vencer, mas alguma coisa, no fundo, te lembra que já fizeste o esperado e mais do que o esperado na pelada. A bola acaba saindo.

Com o Atlético-MG, definitivamente, não houve essa conversa com a bola. “Não vem com história, que quem manda nessa parada sou eu. Meu nome é Atlético Mineiro…!”, como não lembrar de Tropa de Elite? Salve o Cruzeiro, a elite dos pontos corridos. Salve o Galo, os operários do mata-a-mata. O futebol é dos mineiros.

Gabriela Moreira

Gabriela Moreira é repórter da ESPN e colaboradora do blog

    Comente

    O autor do blog não se responsabiliza pelo comentário.