Levy, Barbosa e Tombini preparam cortes; e derrota do governo no Congresso ganha destaque nos jornais em 27/11/2014

27/11/2014 08h29m. Atualizado em 20/12/2014 15h20m

CompartilheShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on RedditShare on VK

A derrota do governo na votação da mudança na meta fiscal e o bate-boca no Congresso foram destaque nos jornais. Essa derrota levou o governo a adiar a posse dos novos ministros que serão anunciados nesta quinta-feira (27). O triunvirato Joaquim Levy, Nelson Barbosa e Alexandre Tombini trabalhará no terceiro andar do Palácio preparando o ajuste. “Nova equipe econômica fará transição antes do ajuste”, diz o Estado de S.Paulo. O título escolhido pelo Globo foi “Derrota do governo adia pacote e posse de ministros”. O Globo também informa que, enquanto se fala em reduzir gastos, a Câmara dos deputados vai propor um aumento de 26% para a remuneração de autoridades do Executivo, Legislativo, Judiciário e MP. O teto subiria para R$ 26,7 mil.
O Valor Econômico escolheu como titulo principal o efeito da quedas das vendas de carros nas montadoras. As fábricas vão conceder férias coletivas maiores para esvaziar os pátios. Vão de um mês a cinco semanas nas principais empresas. Segundo o Valor está se firmando a expectativa no mercado de que a nova equipe econômica terá autonomia.
O Tribunal de Justiça de São Paulo considerou o reajuste do IPTU programado pelo prefeito Fernando Haddad de São Paulo, de 15% a 30%. Essa foi a escolha da Folha para sua principal notícia de primeira página. Em segundo destaque o de que a equipe, que será anunciada nesta quinta, quer um pacote robusto na área fiscal.
Também na primeira página a notícia da queda do desmatamento pelo sistema Prodes. Caiu 18% segundo o governo anunciou nesta quarta (26). Mas a notícia na Folha vem com a análise de Marcelo Leite, anunciando o aumento do desmatamento pelo sistema Deter. Leite diz que “Com dois sistemas, governo expõe só os dados favoráveis”.
As notícias da Operação Lava Jato estão registradas com menos destaque em todos os jornais.

Matheus Leitão

Matheus Leitão é jornalista há 15 anos. Em sua carreira, passou pelas redações do Correio Braziliense, revista Época, portal iG e Folha de S.Paulo. Matheus recebeu o Prêmio Esso por duas vezes, o Troféu Barbosa Lima Sobrinho -- além de menção honrosa no Vladimir Herzog. Entre 2011 e 2012, esteve na Universidade de Berkeley, na California, como Visiting Scholar.

    Comente

    O autor do blog não se responsabiliza pelo comentário.