Dilma, Levy e Barbosa discutem cortes é o principal destaque dos jornais em 26/11/2014

26/11/2014 06h16m. Atualizado em 27/11/2014 08h41m

CompartilheShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on RedditShare on VK

Os economistas Joaquim Levy e Nelson Barbosa passaram a tarde reunidos com a presidente Dilma e devem ser anunciados nesta quinta-feira (26) para os ministérios da Fazenda e Planejamento já com medidas de corte engatilhadas, informam tanto o Estado de S.Paulo quando O Globo em manchete. Eles tomariam posse na sexta (27) já com um pacote de medidas. Mas intelectuais que apoiaram o PT divulgaram o manifesto chamando a escolha de Levy e da senadora Kátia Abreu para agricultura como “regressão”.
O Valor Econômico deu como manchete que a operação Lava Jato fará com que a presidente atrase algumas mudanças no governo. Dilma não quer mexer na linha de comando do Ministério da Justiça, por exemplo. Afirma que Graça Foster permanecerá na Petrobras. Segundo o jornal de economia, Levy, na reunião com a presidente Dilma, teria recebido sinal de autonomia de decisão.
Economia também é o tema da manchete da Folha que afirma que o governo prepara a volta da CIDE, o imposto de combustíveis. O imposto que foi zerado para subsidiar o consumo de gasolina poderia arrecadar R$ 14 bilhões.

Matheus Leitão

Matheus Leitão é jornalista há 15 anos. Em sua carreira, passou pelas redações do Correio Braziliense, revista Época, portal iG e Folha de S.Paulo. Matheus recebeu o Prêmio Esso por duas vezes, o Troféu Barbosa Lima Sobrinho -- além de menção honrosa no Vladimir Herzog. Entre 2011 e 2012, esteve na Universidade de Berkeley, na California, como Visiting Scholar.

    Comente

    O autor do blog não se responsabiliza pelo comentário.