Por descuido, diretor do Twitter sugere compra de aplicativo em mensagem aberta

25/11/2014 15h49m. Atualizado em 25/11/2014 15h49m

CompartilheShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on RedditShare on VK

O diretor financeiro do Twitter, Anthony Noto, enviou acidentalmente um tweet público na segunda-feira (24) no qual sugeria uma futura aquisição. As especulações sobre o assunto tornaram-se ainda mais fortes porque o executivo deletou a mensagem momentos depois de ter postado. Aparentemente, ele errou o modo de postar e, em vez de usar o recurso de mensagem direta, usou o tweet público. #quemnunca?

“I still think should buy them. He is on your schedule for Dec 15 ou 16 – we will need to sell him. I have a plan.”, escreveu Anthony Noto por meio de seu perfil @anthonynoto no Twitter.

O site re/code apresentou uma lista com possíveis empresas nas quais o Twitter estaria interessado em comprar:

Shots: Aplicativo de fotos exclusivo para ‘selfies’ voltado para o público adolescente, que tem entre seus principais investidores o cantor Justin Bieber.

Storehouse: Aplicativo que transforma fotos e vídeos feitos no smartphone em histórias visuais com texto. Pode dar aos usuários do Twitter uma experiência visual mais atraente.

Secret: Aplicativo de postagem anônima. O objetivo é dar ao usuário a possibilidade de enviar “segredos” aos amigos sem precisar se identificar.

Prismatic: Agregador de notícias, usa um algoritmo para mostrar as notícias mais importantes de forma personalizada.

Drawbridge: Aplicativo de comércio eletrônico que pode ajudar a impulsionar vendas dentro do Twitter.

Shopular: Distribui cupons de descontos baseado na localização do usuário.

Matheus Leitão

Matheus Leitão é jornalista há 15 anos. Em sua carreira, passou pelas redações do Correio Braziliense, revista Época, portal iG e Folha de S.Paulo. Matheus recebeu o Prêmio Esso por duas vezes, o Troféu Barbosa Lima Sobrinho -- além de menção honrosa no Vladimir Herzog. Entre 2011 e 2012, esteve na Universidade de Berkeley, na California, como Visiting Scholar.

    Comente

    O autor do blog não se responsabiliza pelo comentário.