Bomba da Segunda Guerra Mundial é descoberta em obra de Metro na França

24/11/2014 18h13m. Atualizado em 10/12/2014 19h28m

CompartilheShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on RedditShare on VK

Após a descoberta de uma bomba inglesa da Segunda guerra mundial, 70 anos depois do final do conflito, alguns dos 3 mil moradores da cidade de Rennes, na Bretanha, foram obrigados a sair de suas casas “por precaução”.
Comunicado da prefeitura da Rennes neste domingo (23) informou que uma equipe de trabalhadores do metro teve a “sorte” de encontrar o explosivo de 250 kg.
A equipe cavava para construir um novo corredor quando, de repente, viu um objeto redondo de um tamanho que não se compara a um pedaço de canalização ou outro tipo de tubo sob o terreno.
Segundo reportagem do Le monde, imediatamente o chefe de obras avisou a Delegacia de Polícia, que, em seguida, chamou os bombeiros. Menos de 30 minutos depois, o bairro todo estava fechado com um perímetro de 270 metros de segurança.
“Foi uma operação de alto risco”, disse o comandante ao Le monde, explicando que um dispositivo estava acionado. Eles tiveram que operar manualmente, sem maquinas auxiliando o procedimento.
Às 12h15 do horário local, a operação terminou com sucesso e sem nenhuma pessoa ferida.
Todavia, o comandante avaliou que poderia ter sido desastroso, lembrando de Munich em 2012, quando uma bomba americana do mesmo tamanho, também da Segunda guerra, foi encontrada.
Na ocasião, equipe alemã teve que detoná-la, pois não era mais possível desarmá-la. Registrada em vídeo, a explosão causou uma cratera de aproximadamente 5 metros de profundidade. Veja abaixo:

Matheus Leitão

Matheus Leitão é jornalista há 15 anos. Em sua carreira, passou pelas redações do Correio Braziliense, revista Época, portal iG e Folha de S.Paulo. Matheus recebeu o Prêmio Esso por duas vezes, o Troféu Barbosa Lima Sobrinho -- além de menção honrosa no Vladimir Herzog. Entre 2011 e 2012, esteve na Universidade de Berkeley, na California, como Visiting Scholar.

    Comente

    O autor do blog não se responsabiliza pelo comentário.