Dinamarquês quer dar a volta ao mundo sem viajar de avião e com apenas U$ 20 por dia; Vídeo

19/11/2014 13h13m. Atualizado em 19/11/2014 13h50m

CompartilheShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on RedditShare on VK

Apenas milionários e celebridades podem sonhar em dar a volta ao mundo?
O dinamarquês Torbjorn C. Pedersen, 35 anos, tem viajado desde 10 de outubro de 2013, com o objetivo de visitar todos os países sem pegar um avião e sobrevivendo com apenas 20 dólares por dia. Esperando completar sua jornada em quatro anos, Pedersen já riscou 65 países da sua lista.
“Ninguém na história jamais foi a todos os países do mundo sem colocar o pé em um avião”, disse Pederson em reportagem desta terça-feira (18) da ABC News, emissora americana. “Portanto, esta é uma tentativa de inspirar outras pessoas a viajar com um orçamento barato”, afirmou.
Com o pouco dinheiro, Pedersen tem se hospedado em acomodações modestas – beliches de albergues ou sofás de anfitriões generosos — e come comidas baratas na rua.
A viagem é patrocinada pela Ross e Ross Offshore Engineering, uma empresa de gestão e consultoria para a indústria norueguesa de petróleo e gás. A Ross e Ross não parece ter contrato com a Petrobras.
Pedersen foi homenageado com o título de Embaixador da Boa Vontade para a Cruz Vermelha dinamarquesa, em troca de documentar suas experiências em um blog intitulado “Once Upon a Saga“.
As histórias das viagens têm tido retorno positivo do público, mas críticas também. Alguns argumentam que o objetivo já foi alcançado pelo aventureiro britânico Graham Hughes, reconhecido pelo Guinness Book em 2012 por visitar 201 países continuamente com um orçamento apertado, também sem transporte aéreo.
Outros expressaram ceticismo sobre como ele irá passar por países como Coreia do Norte ou Libéria. Pedersen se defende dizendo que os contatos na Cruz Vermelha podem ajuda-lo. Em relatos ele tem dito que alguns países visitados são “injustamente representados na mídia”.
Em vídeo sobre sua passagem na América do Sul, Pederson brinca pulando de um pé só. O “saci-pererê” dinamarquês aparece até levando um tapa no rosto de uma garota em praia do Rio de Janeiro. Tudo parece passar ser apenas uma brincadeira. Veja o vídeo abaixo:

Matheus Leitão

Matheus Leitão é jornalista há 15 anos. Em sua carreira, passou pelas redações do Correio Braziliense, revista Época, portal iG e Folha de S.Paulo. Matheus recebeu o Prêmio Esso por duas vezes, o Troféu Barbosa Lima Sobrinho -- além de menção honrosa no Vladimir Herzog. Entre 2011 e 2012, esteve na Universidade de Berkeley, na California, como Visiting Scholar.

    Comente

    O autor do blog não se responsabiliza pelo comentário.