Toffoli distribui contas de Dilma a Gilmar Mendes, desagrada Planalto e MP contesta

18/11/2014 09h59m. Atualizado em 18/11/2014 17h34m

CompartilheShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on RedditShare on VK

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Dias Toffoli, distribuiu a relatoria do processo das contas da campanha da reeleição da presidente da República, Dilma Rousseff, para o ministro Gilmar Mendes.
O processo estava originalmente com Henrique Neves, mas como seu mandato expirou na última sexta-feira (14), o presidente do TSE pôde distribui-lo, por sorteio, a outro relator.
De acordo com apuração do repórter Gerson Camarotti, divulgado em seu blog no site G1, o Planalto não gostou do fato de Toffoli ter sorteado o processo: “o Planalto avalia que o fato do ministro Henrique Neves não ter sido reconduzido por Dilma ao cargo de ministro do TSE na semana passada tenha ajudado a criar um ambiente hostil ao governo no comando do tribunal”.
O Ministério Público Eleitoral recorreu contra a redistribuição do processo para Gilmar Mendes nesta segunda (17). Para o MP eleitoral, o sorteio do processo deveria ter sido feito considerando apenas ministros que entram no TSE pela cota de advogados.
O tribunal é composto por ministros do STF (Supremo Tribunal Federal), do STJ (Superior Tribunal de Justiça) e por representantes da advocacia.
A despeito do pedido do Ministério Público, Gilmar Mendes despachou normalmente o processo, solicitando informações sobre as contas de campanha de Dilma ao partido.
Se há algum erro processual, isso precisa ser corrigido, mas não se pode escolher quem avaliará as contas de campanha de nenhum candidato à procura de alguém mais favorável.

Matheus Leitão

Matheus Leitão é jornalista há 15 anos. Em sua carreira, passou pelas redações do Correio Braziliense, revista Época, portal iG e Folha de S.Paulo. Matheus recebeu o Prêmio Esso por duas vezes, o Troféu Barbosa Lima Sobrinho -- além de menção honrosa no Vladimir Herzog. Entre 2011 e 2012, esteve na Universidade de Berkeley, na California, como Visiting Scholar.

    Comente

    O autor do blog não se responsabiliza pelo comentário.