Petição em site da Casa Branca tem 131 mil assinaturas contra o “avanço do bolivarianismo” no Brasil

05/11/2014 07h19m. Atualizado em 10/12/2014 23h46m

CompartilheShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on RedditShare on VK

Petição criada no site da Casa Branca, nos Estados Unidos, já atingiu mais de 131 mil assinaturas “contra a expansão comunista bolivariano no Brasil promovido pela administração de Dilma Rousseff”.
Essas petições podem ser feitas por qualquer cidadão e estão hospedadas em um espaço criado pela administração Barack Obama chamada “We the People” ou “Nós, o povo”. A janela tem por objetivo receber demandas populares.
No pedido, o grupo de assinantes pede que Obama se posicione em relação ao crescente bolivarianismo do PT, “nos moldes proposto pelo Foro de São Paulo”.
A petição afirma ainda que, “aos olhos da comunidade internacional, a eleição foi plenamente democrática, mas as urnas utilizadas não são de confiança”. Segundo o texto, “os chefes do Poder Judiciário são na sua maioria membros do partido vencedor”.
O pedido também critica a forma da condução das eleições no Brasil, dizendo que as “políticas sociais também influenciaram a escolha do presidente” e que “as pessoas foram ameaçados de perder o seu subsídio de alimentação se não reeleger Dilma”.
O texto finaliza pedindo “uma posição da Casa Branca em relação à expansão comunista na América Latina”. “O Brasil não quer e não vai ser uma nova Venezuela”, diz a petição, que não tem os nomes dos reclamantes divulgados, mas apenas as suas iniciais.

Matheus Leitão

Matheus Leitão é jornalista há 15 anos. Em sua carreira, passou pelas redações do Correio Braziliense, revista Época, portal iG e Folha de S.Paulo. Matheus recebeu o Prêmio Esso por duas vezes, o Troféu Barbosa Lima Sobrinho -- além de menção honrosa no Vladimir Herzog. Entre 2011 e 2012, esteve na Universidade de Berkeley, na California, como Visiting Scholar.

    Comente

    O autor do blog não se responsabiliza pelo comentário.