Surfista permanece calmo e evita ataque de tubarão-branco na Austrália

31/10/2014 14h31m. Atualizado em 02/11/2014 18h52m

CompartilheShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on RedditShare on VK

O fotógrafo Frits De Bruyn divulgou nesta sexta-feira (31) imagens registradas na praia de Esperance, ao sul de Perth, na Austrália, nas quais um surfista é perseguido por um tubarão-branco. Felizmente, essa história teve um final feliz.
Em sua página na rede social Facebook, De Bruyn explicou  que a perseguição ocorreu em 21 de setembro, mas só nesta sexta ele resolveu revelar as impressionantes imagens. Segundo ele, uma emissora de televisão e três jornais já o procuraram. A informação foi noticiada primeiramente pelo jornal Daily Mail.
O tubarão-branco tinha três metros de comprimento e se aproximou perigosamente do surfista Andy Johnston, que só percebeu o animal após ouvir as buzinas de alerta que ecoaram da praia.
Ao site Esperance Express, Johnston afirmou que preferiu ficar inicialmente parado em vez de fazer da aproximação uma comoção. “Tentei me acalmar em vez de surtar”, disse. “Não havia nada que eu pudesse fazer”, afirmou. Aos poucos, Johnston foi lentamente voltando para a praia.
10710681_892380404106558_7919420709752474276_n
Enquanto isso, De Bruyn, de férias no local, aproveitou a oportunidade e fez as imagens do encontro de um mirante próximo a praia.
Estudos defendem que tubarões  aproximam-se de surfistas apenas por curiosidade, muitas vezes confundindo o ser humano na prancha com presas usuais como tartarugas e leões marinhos.

Matheus Leitão

Matheus Leitão é jornalista há 15 anos. Em sua carreira, passou pelas redações do Correio Braziliense, revista Época, portal iG e Folha de S.Paulo. Matheus recebeu o Prêmio Esso por duas vezes, o Troféu Barbosa Lima Sobrinho -- além de menção honrosa no Vladimir Herzog. Entre 2011 e 2012, esteve na Universidade de Berkeley, na California, como Visiting Scholar.

    Comente

    O autor do blog não se responsabiliza pelo comentário.