Balanço parcial do TSE nas eleições: 150 presos e mais de 2 mil urnas trocadas

26/10/2014 16h16m. Atualizado em 27/10/2014 23h36m

CompartilheShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on RedditShare on VK

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou neste domingo (26) que mais de 150 eleitores cometeram algum crime eleitoral no país. Até o meio dia, 28 deles foram presos.

De acordo com o TSE, a propaganda eleitoral irregular foi o crime mais cometido no Brasil no segundo turno das eleições de 2014, sendo mais de 32 ocorrências no Rio de Janeiro.

O tribunal registrou também crimes como boca de urna e transporte ilegal de eleitores.

O TSE também divulgou o número de urnas substituídas. Foram pouco mais de 2200 até o início desta tarde, o que representa menos de 1% das urnas. Os problemas ocorreram mais intensamente no Rio de Janeiro, São Paulo e Rio Grande do Sul.

com informações da Agência Brasil.

Matheus Leitão

Matheus Leitão é jornalista há 15 anos. Em sua carreira, passou pelas redações do Correio Braziliense, revista Época, portal iG e Folha de S.Paulo. Matheus recebeu o Prêmio Esso por duas vezes, o Troféu Barbosa Lima Sobrinho -- além de menção honrosa no Vladimir Herzog. Entre 2011 e 2012, esteve na Universidade de Berkeley, na California, como Visiting Scholar.

    Comente

    O autor do blog não se responsabiliza pelo comentário.